Past Cities

Arkhangelsk, Arkhangelsk Oblast, Russia

Carregando mapa...

Arkhangelsk, situada no Oblast de Arkhangelsk, na Rússia, é uma cidade com uma história rica que se estende por séculos.

Arkhangelsk, também conhecido como Arcanjo em inglês, está localizado na parte norte da Rússia européia, às margens do rio Dvina do norte, perto de sua confluência com o Mar Branco. A posição estratégica da cidade como porto e sua proximidade com o Círculo Polar Ártico desempenharam papéis fundamentais na formação de sua história.

Os primeiros registros de assentamento humano na região de Arkhangelsk datam do século XI. No entanto, a fundação da cidade em si é creditada ao czar Ivan, o Terrível, em 1584, que reconheceu o potencial da área como entreposto comercial e porta de entrada para o Ártico. A decisão de Ivan IV de estabelecer Arkhangelsk como um porto marítimo foi impulsionada por seu desejo de expandir as rotas comerciais da Rússia e reduzir a dependência dos portos bálticos, que eram controlados por potências rivais.

Durante o século 17, Arkhangelsk experimentou um rápido crescimento e se tornou um dos centros comerciais mais importantes da Rússia. Comerciantes da Inglaterra, Holanda e outros países europeus afluíram à cidade, estabelecendo conexões comerciais que se estendiam até a Pérsia e a Índia. O movimentado porto facilitou a exportação de peles, madeira e outros recursos naturais, que alimentaram a prosperidade econômica da cidade.

No entanto, a proeminência de Arkhangelsk como centro comercial diminuiu no século 18 devido ao surgimento de São Petersburgo como a nova capital da Rússia e ao subsequente desenvolvimento dos portos do Mar Báltico. A mudança política teve um impacto profundo na economia e na população de Arkhangelsk. Muitos comerciantes e trabalhadores qualificados migraram para São Petersburgo em busca de novas oportunidades, e a população da cidade diminuiu. No entanto, Arkhangelsk manteve sua importância como porto marítimo do Ártico e continuou a desempenhar um papel vital no comércio da Rússia com o norte da Europa.

O ambiente político de Arkhangelsk foi influenciado por vários eventos históricos. No início do século 20, a cidade testemunhou o tumulto da Revolução Russa e a subsequente Guerra Civil. O estabelecimento do poder soviético em 1918 trouxe mudanças significativas em Arkhangelsk, incluindo a nacionalização de indústrias e a imposição da ideologia comunista. A cidade se tornou um centro para a Força Expedicionária do Norte da Rússia, uma aliança de forças antibolcheviques durante a Guerra Civil, e testemunhou confrontos entre várias facções que disputavam o controle.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Arkhangelsk tornou-se uma rota de abastecimento crítica para as forças aliadas. A cidade serviu de destino para os comboios do Ártico, que entregavam suprimentos cruciais para a União Soviética. As inóspitas condições árticas da região e a constante ameaça de ataques navais e aéreos alemães representavam imensos desafios. Apesar dos riscos, os comboios desempenharam um papel vital na sustentação do esforço de guerra soviético.

A geografia de Arkhangelsk, caracterizada por seu clima ártico e proximidade com o Mar Branco, moldou e desafiou o desenvolvimento da cidade. Os invernos longos e rigorosos e a presença do permafrost influenciaram os estilos arquitetônicos e as técnicas de construção. Estruturas tradicionais de madeira com telhados altos eram comuns, permitindo que a neve deslizasse facilmente e evitando danos. No entanto, essas condições climáticas também exigiram o desenvolvimento de sistemas de aquecimento e infraestrutura eficazes para suportar o frio extremo.