Past Cities

Aksaray, Turkey

Carregando mapa...

Aksaray, uma cidade histórica localizada no centro da Turquia, é um lugar profundamente enraizado na rica importância cultural e histórica. Sua história cativante abrange vários milênios, oferecendo uma tapeçaria de eventos que moldaram a cidade e seu povo. Desde seus primeiros assentamentos até sua posição como um centro estratégico, Aksaray foi influenciado por seu ambiente político e fatores geográficos, deixando uma marca indelével em seu desenvolvimento.

A cidade de Aksaray tem uma longa história que remonta aos tempos antigos. Acredita-se que tenha sido colonizado pelos hititas por volta de 2000 aC. Ao longo dos séculos, várias civilizações deixaram sua marca na cidade, incluindo frígios, persas, gregos, romanos, bizantinos, seljúcidas e otomanos.

A população de Aksaray testemunhou flutuações ao longo de sua história. Embora os dados específicos para os tempos antigos sejam escassos, sabe-se que durante o período bizantino, a cidade era um próspero centro urbano com uma população substancial. No entanto, os efeitos devastadores das invasões árabes nos séculos 7 e 8 levaram ao declínio da população, pois as pessoas fugiram da cidade em busca de segurança em outras regiões.

No século 12, Aksaray tornou-se parte do Sultanato Seljúcida de Rum. Os seljúcidas transformaram a cidade em uma importante capital regional, contribuindo para seu crescimento cultural e econômico. Durante este período, Aksaray experimentou um afluxo de colonos de outras partes da Anatólia, contribuindo para o ressurgimento de sua população.

Um dos eventos históricos notáveis na história de Aksaray é a invasão mongol no século XIII. Os mongóis, sob a liderança de Genghis Khan e mais tarde seu neto Hulagu Khan, varreram a Anatólia, deixando a destruição em seu rastro. Aksaray não foi poupado dessa devastação e a cidade sofreu danos significativos. As invasões mongóis levaram a um declínio na população, bem como reveses econômicos e culturais para Aksaray.

Após o período mongol, Aksaray ficou sob o controle dos Karamanids, um turco beylik. Sob o domínio dos caramanidas, a cidade experimentou um período de relativa estabilidade e prosperidade. Os governantes Karamanid, conhecidos por seu patrocínio de artes e cultura, promoveram um ambiente que atraiu estudiosos, poetas e artistas para Aksaray. A cidade tornou-se um centro de aprendizado e intercâmbio cultural.

No entanto, as lutas pelo poder político e os conflitos na região continuaram a moldar a história de Aksaray. No século 15, o Império Otomano expandiu seus territórios, envolvendo gradualmente o beylik Karamanid. Aksaray, juntamente com a região circundante, ficou sob controle otomano, marcando o início de uma nova era para a cidade.

Sob o domínio otomano, Aksaray experimentou maior crescimento e desenvolvimento. Os otomanos investiram em projetos de infraestrutura, como a construção de mesquitas, caravanserais e prédios públicos, valorizando a paisagem arquitetônica da cidade. Este período também viu um aumento na população, pois Aksaray se tornou um importante centro comercial e comercial, beneficiando-se de sua localização estratégica ao longo de importantes rotas comerciais.